Home » Dicas » 6 Destinos de Game of Thrones para você conhecer em suas Viagens

6 Destinos de Game of Thrones para você conhecer em suas Viagens

Morre de vontade de conhecer as locações onde a série Game of thrones é gravada? Eu listei cidades e monumentos usados nas gravações da série em 6 diferentes países.

Se você não é fã da série, saiba que Game of Thrones é um verdadeiro fenômeno da cultura pop muito em função da produção da série e isso inclui os maravilhosos cenários.

São paisagens de tirar o fôlego e diversos monumentos em construções que dão a série um toque especial e fantástico, porém são bem reais.

Veja 6 países e lugares usados nas gravações da série que você pode conhecer em suas viagens.

Croácia

Islândia

Irlanda do Norte

Espanha

Malta

Marracos

Croácia

O país do leste europeu é o principal cenário para gravações das cenas de Game of Thrones e o turismo em certas cidades já cresceu desde que o seriado alcançou a fama, principalmente em Dubrovnik.

Fortaleza de Klis e Split

Fortaleza de Klis e Palácio de Diocletian na cidade de Split representam na série a cidade de Mereen e o palácio onde Daenerys toma suas decisões. A fortaleza é linda e a cidade de Split é um ótimo local para sua viagem. croácia em game of thrones

Dubrovnik

Essa é a cidade mais visitada em decorrência da série e conta com diversos tours de “Game of Thrones”. Na série, a cidade representa King’s Landing, a cidade onde fica o famoso Trono da série.

A verdadeira Porto Real

A parte antiga conhecida como Dubrovnik Old Town tem muralhas que representam os muros de King’s landing, o porto e suas ruas estreitas representam a cidade na série.

Algumas das construções que mais aparecem na série são a Escadaria dos Jesuítas, entrada do Septo de Baelor na série, e o Pile Harbour que representa o Porto de King’s Landing.

Escadaria dos Jesuítas
Escadaria dos Jesuítas

O hotel Belvedere na cidade foi o cenário da drmática e sangrenta luta entre o Montanha e o príncipe Oberyn.

30 minutos fora da cidade está o Arboretum de Trtenos que servem como os jardins que King’s landing.

A Torre Minceta foi utilizada como a icônica House of the Undying na série e conta com uma arquitetura própria.

Torre Minceta

Lokrum Island

A ilha foi utilizada na série como a cidade de Qarth na segunda temporada da série e foi visita por Daenerys Tanrgaryen. A pequena cidade de Togir também foi usada para representar a cidade de Qarth na série.

Sibenik

Sibenik é uma cidade menos conhecida da Croácia e na série serve como a cidade de Braavos.  St James Cathedral, Patrimônio cultural pela Unesco representa a sede do Iron Bank na série.

Krka National Park

O parque conta com incríveis cachoeiras que são uma ótima parada para quem visitar a Croácia, além de muita área verde. Área verde que foi utilizada na série como as Riverlands onde o Cão e Arya fazem sua jornada na quarta temporada e outras externas da série.

krka-national-park

Ston

Na cidade de Ston está a Muralha de Ston e foi utilizada na série tanto como King’s landing, como o Eyrie.

Islândia

A Islândia é um dos principais cenários para as cenas externa em Game of Thrones devido a beleza de suas paisagens, com elas fica fácil fazer cenas inesquecíveis.

A principal dificuldade para visitar as locações no país é o transporte, muitas das paisagens ficam em locais isolados e até mesmo inacessíveis, principalmente durante o inverno.

Thingvellir

Hengilssvæðið, or Hengill mountain é uma montanha vulcânica ao sul de Thingvellir e não muito longe de Reykjavik e é um ponto popular para quem gosta de trilhas.

Lá foi gravada a cena de luta entre O Cão e Brienne of Tarr. A cena foi gravada em diversas partes da montanha então não há um local específico.

O Parque Nacional de Thingvellir é também um cenário utilizada para cenas externas de Game of Thrones como as Riverlands e as terras ao Norte de Westeros.

Um local facilmente reconhecível é essa passagem utilizada na série como entrada para o Vale de Arryn. Hengill mountain

Þórufoss, or Thorufoss é uma das mais bonitas cachoeiras do país e foi o cenário escolhido para que Drogon fizesse uma de suas refeições na quarta temporada. No parque este local fica perto das cachoeiras de Oxararfoss. Isso também é um patrimônio protegido pela UNESCO.

Uma curiosidade que li sobre este local é que é possível fazer um Snorkelling tour nas fissuras das placas tectônicas rompida, as fotos do tour são incríveis https://guidetoiceland.is/book-holiday-trips/snorkeling-silfra-day-tour-1?a=133265.

Thjorsardalur

Þjórsárdalur (or Thjorsardalur) Valley é uma vasta área no país conhecida por suas lindas cachoeiras e conta com uma das maiores cachoeiras do país.

Nesse local foram gravados o ataque dos selvagens a vila onde Olly morava com sua família em Þjóðveldisbærinn Stöng onde fica uma reconstrução de uma vila viking.

Outra parte da área pe Gjáin  um pequeno e lindo vale que serviu para algumas cenas entre o Cão e Arya.

Þórsmörk

O canyon de Stakkholtsgjá é o local onde Jon Snow e seu grupo conseguem capturar o zumbi na sétima temporada e para cena do voo de dragão na estreia da oitava temporada.

Skogafoss

Uma das mais famosas e visitas cachoeiras da Islandia no costal sul to país e já apareceu na oitava temporada, local da cena romantiquinha de Jon Snow e Danerys no primeiro episódio.

Próximo a cidade de Vik, Reynisfjara conta com uma praia de areia negra e foi utilizada como a área de East Watch na série.

Ao norte de Vik fica a cidade de Höfðabrekkuheiði, também uma área de trilhas e local utilizada para externas das áreas do norte da muralha na série como as Frostfang Mountains e o punho dos primeiros homens onde Sam encontra o vidro de dragão na segunda temporada.

Este local fica próximo à área de Mýrdalsjökull onde estão as famosas cavernas Glaciais, que podem ser acessadas utilizando alguns tours, a área é perigosa por isso não é recomendado a entrada por conta própria.

Svínafellsjökull

Svínafellsjökull é uma famosa área para visitar geleiras na Islândia e foi cenário pra diversas externas representando o Norte da Muralha e foi o local onde Jon Snow encontrou Ygritte pela primeira vez.

Na sétima temporada foi o cenário para batalha entre o grupo de Jon Snow e Tormund contra o Night King e seu exército de zumbis.

Não é recomendado fazer trilhas pelas geleiras uma vez que isso pode perigoso sem expertise e o equipamento necessário.  Existem tours para áreas acessíveis apenas com jeeps 4×4 e tour em áreas glaciais com guias locais.

Grjótagjá é uma caverna vulcânica na região do lago de Myvatn, porém a água naturalmente aquecida chegas em temperaturas muito altas, ou seja, nada de mergulhar.

Na série, a caverna foi o local onde Jon Snow perdeu a virgindade consumou sua relação com Ygritte.

Dimmuborgir

Dimmuborgir é uma área de onde o terreno tem formações diferentes devido ao contato com a lava que criou cavernas e anéis e é conhecida com a Floresta negra.

Na série foi utilizada para o acampamento de Mance Rayder e dos selvagens na terceira temporada. Outro local utilizado pra filmar o acampamento foi Höfði na borda do lago Myvatn.

O local foi utilizado pra diversas cenas no núcleo da patrulha da noite e dos selvagens.

Kirkjufell

Kirkjufell é uma montanha em formato de ponta de flecha, uma das paisagens mais conhecidas da Islândia e utilizada como parte do roteiro na sétima temporada da série quando o grupo de Jon Snow está procurando a tal montanha.

Espanha

Sevilha e Osuna

A quente cidade espanhol tem muitos charmes e foi utilizada como a sede da Casa Martell em Dorne na série. Parao lindo cenário do palácio da família Martell foi utilizado o Real Alcázar de Sevilha.

Uma locação próxima utilizada na série foi La Plaza de Toros de Osuna que serviu como a arena de lutas de Meereen. Os Astilleros de Sevilha também apareceram na  sétima temporada da série.

Córdoba

O Castillo de Almodóvar del Río é um castelo de origem muçulmana na cidade de Almodóvar del Río na província de Córdoba, na série foi utilizada como a sede da Casa Tyrell, também conhecido como High-Gardens.

Também em Córdoba está Puente Romano de Córdoba que aparece como a Ponte da cidade de Volantis na série.

Ponte romana de Cordoba
Ponte Romana de Córdoba

Almería

A Fortaleza Alcazaba de Almería é mais uma construção fantástica usada na série e também serviu para emular Dorne na série, como os Water Gardens.

Também na região foram gravadas cenas da cidade do povo Dothraki no bonito local conhecido como El Chorillo próximo as montanhas da Sierra de Alhamilla. No deserto de Tabernas 30 km ao norte da cidade foram gravadas as cenas da Dothraki Sea.

Algumas partes da cidade também foram usadas parai lustrar as cidades da Dragons Bay/ex-Slavers Bay.

Castilla

Na área de Guadalajara está o Castelo de Zafra que data do século doze na altitude de 1400 metros e foi utilizada como a Torre da Alegria em Dorne, local onde o jovem Ned Stark vai ao resgate da sua irmã e trava uma das melhores cenas de lutas da série em flashbacks.

Valencia

Na cidade de Castellón foram gravadas algumas cenas da cidade de Meereen. Tyryon, Varys e Grey Worm gravaram ao long do Calle Mayor de Castellón, Portal Fosc, Parque de la Artillería e Plaza de Santa María.

Castellon, Peniscola
Castellon, Peniscola

País Basco

Diversas cidades da região foram usadas na série. Navarre serviu como parte da Dothraki Sea na sexta temporada.

Em Bermeo, na ilha de Gaztelugatxe à 35 km de Bilbao, na costa de Biscay que serviu como Dragonstone no início da sétima temporada.

Gaztelugatxe

Em Zumaia está a praia de Itzurun que serviu como a praia de Dragonstone onde Daenerys, Jon Snow, Tyryone e Davos tiveram diversos argumentos ao longo da sétima temporada.

Girona

Diversas partes da cidade catalã foram utilizadas na séries, A Catedral de Santa María de Gerona foi utilizada como o exterior do Septo de Baelor.

Na área de Sant Pere de Galligants foram gravadas as cenas onde Arya passa pela ponte de Bravos, assiste as peças de teatro e foge passa pelo mercado de rua. Mais especificamente na Plaça dels Jurats e nas ruas de Ferran el Católic, Sant Martí e l’Escola Pia.

Outro ponto foram The Arab Baths of Girona onde as cenas do treinamento de Arya foram gravadas e seus constantes conflitos com a Waif.

Barcelona

Uma das minhas cidades preferidas no mundo também foi cenário de Game of Thrones, o Castell de Santa Florentina fica à uma pequena distância do centro velho de Barcelona fo mostrado na série como o castelo da Casa Tarly.

Caceres

A cidade foi utilizada como King~s landing durante a sétima temporada no lugar da croata Dubrovnik devido as ruas e muros similares. O Castell de Trujillo também foi utilizado na sétima temporada se passando por Casterly Rock, a sede da Casa Lannister atacada por Gry Worn e seu exército.

Malta

St Dominics Convent

Localizada na cidade de Rabat, o convento serviu como o Jardim da Fortaleza Vermelha na primeira temporada do show, foi lá que Ned e Cersei tiveram uma conversa definitiva para o rumo da série.

San Anton Palace é a residência oficial do presidente de malta e fez diversas aparições como parte da Fortaleza Vermelha  na primeira temporada.

O forte de Santo Angelo foi utilizada para gravar as cenas da prisão e subsolo da Fortaleza Vermelha na primeira temporada.

Forte de Santo Ângelo
Forte de Santo Ângelo

Mtahleb Cliffs

Na parte oeste da ilha esse local foi utilizado como o acampamento Dothraki na primeira temporada e também as viagens de Daenerys, Kal Drogo e o exército Dothraki.

Midna

Midna Gate  é um dos locais mais bem preservados em toda Europa  e foi utilizada como parte interna de King’s Landing na primeira temporada.

A praça da Mesquista também foi utilizada na primeira temporada, foi onde Jaime Lannister e Ned Stark tiveram seu tenso confronto.

Valleta

A fortaleza Ricasoli serviu como o portão dos deuses na cidade de King’s Landing na série durante a primeira temporada.

No noroeste de Valletta fica o Forte Manoel  na ilha de Manoel que também serve como o Septo de Baelor na série, principalmente na primeira temporada.

Buskett Gardens

O palácio Verdala é a residência de verão oficial para o presidente de Malta e é fechada para o público. O palácio serviu como a parte externa da mansão de Illyrio em Pentos.

Ilha de Gozo

Na ilha de Gozo está a Janela Azure onde foi realizada o casamento de Daenerys e Kal Drogo na primeira temporada. Infelizmente em 2017 uma forte tempestade atingiu a ilha e o monumento natural colapsou.

Irlanda do Norte

A Irlanda do Norte também é um dos países preferidos dos produtores para gravar cenas externas e também conta com alguns monumentos utilizados na série. Alguns desses monumentos são usados para dar vida a um dos principais cenários da série, Winterfell, a sede da Casa Stark.

County Down

Um dos seis condados da Irlanda do Norte, essa região foi bastante utilizada para representar diversas partes de Westeros, principalmente o Norte.

Os bancos de Strangford Lough foi a área onde The Twins foram construídas com efeitos visuais para dar vida ao emblemático lugar onde ocorreu o casamento vermelho.

Também em County Down está o Castelo Ward, uma das principais locações usadas para dar vida a Winterfell na série.

A floresta de Toolymore, o primeiro parque estadual da Irlanda do Norte com 1600 acres apareceu na série como as terras em volta de Winterfell. Foi lá que os Stark encontram seus lobos selvagens.

As ruínas de Inch Abbey foram utilizadas como cenário para o acampamento de Rob Stark durante a guerra dos quatro reis.

County Antrim

No condado de Antrim estão as cavernas Cushendun que podem ser facilmente acessadas pela vila de Cushendum. A região aprece na segunda temporada de Game of Thrones como as Stormlands onde a Melisandre usa sua magia assustando o pobre Davos.

Um dos principais pontos do condado é The Dark Hedges, a estrada com floresta é a atração mais popular do país sendo a mais fotografada.

Na série ela é utilizada como a Kingsroad onde Ned, Robert, Arya, Gendry e diversos outros personagens acabam passando nas temporadas iniciais da série.

O pequeno porto pesqueiro de Ballintoy na vila de mesmo nome aparece na série na segunda temporada quando Theon volta para as Ilhas de Ferro.

Murlough Bay é outra parte do condado que serviu como as Ilhas de Ferro na série e tambpem foi utilizada como parte da Baía dos Dragões/Escravos.

O castelo de Shane construído no século catorze foi utilizada na primeira temporada como o local do torneio onde o Montanha decapitou um cavalo logo no início da série.  Próximo está Lough Neagh utilizado para as aventuras em alto mar de Jorah e Tyrion.

Larne Lough emprestou suas paisagens para cenas envolvendo Castle Black e a Muralha.

Glens of Antrim também serviram como parte da Dothraki Sea.

County Londonderry

Neste condado está Portstewart Strand, área controlada pelo Tesouro Nacional na costa norte onde estão algumas das melhores praias da Irlanda do Norte. Na série as praias se transformaram em parte da costa de Dorne.

 

Nas montanhas Binevenagh que contem com uma extensão de quase 10 KM com diversas vilas como Bellarena, Downhill, Castlerock e a praia de Benone. Essa área aparece na série na quinta temporada, onde Daenerys pousa com seu dragão depois de fugir de uma emboscada.

A praia de Downhill foi utilizada como as Stormland, nesse cenário Stannis recusa a fé dos sete e se torna um seguidor do lorde da Luz.

O templo de Mussenden foi utilizado em partes como o lar da Fé dos sete na série.

County Fermanagh

As cavernas de Marble Arch e Pollnagollum aparecem na série como as Riverlands, em uma dessas cavernas a Irmandade sem Bandeiras se encontra com Arya e o Cão na terceira temporada.

As cavernas Marble Arch é um lindo ponto turístico banhado por cachoeiras.

Marrocos

Ait-Ben Haddou

A cidade localizada entre Marraquexe e o deserto do Sahara fica em uma rota comercial antiga frequentada na época das caravanas do Marrocos e Norte da África.

Em Game of Thrones a cidade serve como a cidade amarela de Yunkai e também como a cidade de Pentos.

A vila antiga da cidade e ruínas tem uma arquitetura única que atraiu os produtores da série a escolhe-la como uma locação. A cidade também é um sitio histórico preservado pela UNESCO.

Essaouira

A cidade portuária também é o cenário pra outra cidade do continente de Essos em Game of Thrones, Astapor.

A cidade é importante para o país em termos comerciais com cidades europeias, além disso a cidade é conhecida como a cidade dos ventos da África, então se prepare para os fortes ventos.

A cidade vale a pena ser conhecida por ser bastante charmosa misturando prédios marroquinos com grande influência europeia. Além da bela costa ligado ao atlântico e no porto.

Ouarzazate

A cidade marroquina é o lar para o Atlas Studios, o maior estúdio de filmagens do mundo onde foram gravados filmes como Gladiador e Cleopatra. Nos estúdios foram gravadas cenas da cidade do Pentos.

Há tours disponíveis no estúdio e é possível fazer trilhas em torno da cidade que conta com o palácio de Taourit Kasbah construído no século 19.

Sobre Nilo Luz

Freelancer na área de marketing digital e apaixonado por viajar pelo Brasil e pelo mundo. Entusiasta em nomadismo digital, já morei na Austrália e conheci um canguru, já dei banho nos elefantes resgatados de maus tratos na Taiândia, comi massa e pizza na Itália e bebi vinho do porto em Portugal entre outras coisas durante minhas viagens, mas a mais importante é conhecer um pouco da cultura de cada local e outros viajantes, e aprender no processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *