Home » América do Sul » Brasil » 7 Pontos Turísticos em Curitiba (o #6 é o meu preferido)
parque-tangua-1

7 Pontos Turísticos em Curitiba (o #6 é o meu preferido)

Início de férias, após enfrentar alguns problemas no metrô e viajar aproximadamente 6 horas de ônibus finalmente cheguei em Curitiba. Finzinho de tarde, um pouco frio, mas nada muito diferente de São Paulo.

Fui encontrar o pessoal da cidade no meeting do couchsurfing no hoping holl, pub com ótima decoração e 32 tipos de chopes artesanais. Decidi não beber os 32, por que no dia seguinte iria turistar pela cidade.

Dica: se está viajando sozinho cadastre-se no site do couchsurfing e procure eventos na região, o pessoal é bastante receptivo, mesmo para quem não está hospedado pela rede social.

Turismo em Curitiba

Uma das coisas melhores definidas em Curitiba é em relação ao turismo, com sinalizações bem-feitas, ônibus que ligam pontos turísticos e é claro a Linha Turismo, ônibus de dois andares que passa por todos eles.

Nesse ponto toda a cidade é bem pensada, por exemplo, o Bosque Alemão conta com dois pontos da Linha Turismo, um na entrada no alto da ladeira para desembarque, e outro na saída para embarcar sem precisar subir aquela p*t# ladeira.

As ciclovias que ligam os diversos pontos da cidade e são uma ótima pedida para o transporte.. Eu recomendo alugar a bicicleta na Kuritibike ali no centro cívico, tem boas bicicletas a um preço justo.

 Os 7 Pontos Turísticos que visitei em Curitiba

1-Jardim Botânico

curitiba-jardim-botanico

Um dos principais cartões postais da cidade de Curitiba, lá são cultivadas diversas espécies de plantas na estufa principal e no caminho das sensações.

O parque é extremamente bonito e durante a semana bem tranquilo. Sentar na grama debaixo de um solzinho leve e com um pouco de vento é ótimo.

jardim-botanico-curtiba jardim-botanico eu-curitiba gramado-jd-botanico

2-Museu Oscar Niemeyer, o Olho

mon-parana

Um dos principais museus do Brasil, o MON é gigante, sim gigante. Conta com um grande acervo de arte e diversas salas de exposição.

Na minha passagem por lá dei a sorte de encontrar a exposição de Sebastião Salgado, um dos melhores fotógrafos do mundo. Gastei horas no museu que não é diferenciado apenas pela arquitetura, mas pelo conteúdo de excelente qualidade.

museu-oscar-niemeyer museu-curitiba

3-Bosque do Papa

nosque-joao-paulo-ii

O bosque em homenagem ao Papa João Paulo II é uma incrível área verde bem ao lado do Museu Oscar Niemeyer, cerca de 2 minutos

O parque é bastante bonito apesar de não ser uma área grande, conta como homenagem não apenas ao Papa, mas também a forte imigração polonesa na cidade.

bosque-do-papa bosque-do-papa-2

4-Bosque Alemão

Depois, do Bosque do Papa, vem o Bosque Alemão. O bosque em homenagem a imigração alemã é bem bonito e conta a história de João e Maria durante o passeio pelo parque. Com direito até a casa da bruxa para as crianças.

bosque-alemao-1 bosque-alemao-4 bosque-alemao-3 bosque-alemao-2

5-Ópera de Arame

A Ópera de Arame  fica acima de um lago e com uma bela área verde em seu entorno. Segundo o pessoal da cidade, a noite com a iluminação fica extremamente bonito. Infelizmente visitei apenas durante o dia, e a estrutura já é impressionante, porém o acesso estava fechado. 🙁

opera-de-arame-1 opera-de-arame-2

6-Parque Tanguá

parque-tangua-1

Meu lugar preferido em Curitiba, lugar da cidade que eu achei mais bonito e surpreendente. A frente do parque já dispensa comentários com a bela fonte e o mirante ao final.

Do mirante temos uma bela vista do resto do parque, porém o mais impressionante é dar a volta e lá de baixo ver a pedreira do no qual o mirante foi construído.

A coisa mais linda. E ainda é possível ver de perto através da caverna.

parque-tangua-7 parque-tangua-6 parque-tangua-5 parque-tangua-4 parque-tangua-3 parque-tangua-2

7-Torre Panorâmica

torre-panoramica-2

No fim de tarde, após economizar muita bateria para tirar fotos cheguei ao ponto turístico mais alto da cidade. Eu simplesmente sou fã de ver cidades dessa perspectiva, do alto. E com o show de cores proporcionado pelas nuvens e o pôr do sol, só digo que valeu a pena economizar bateria.

torre-panoramica-2 torre-panoramica-2

Outros lugares:

Santa Felicidade – Bairro gastronômico dos imigrantes italianos em Curitiba. Arquitetura muito bonita, a comida? Acabei não provando, passei apenas com o ônibus turístico.

Parque São Lourenço – Um parque mais simples do que os outros, mas ótimo para descansar na grama, correr ou andar na pista, pedalar na ciclovia ou levar as crianças ao playground.

De bike em Curitiba

Centro Histórico – O centro histórico de Curitiba é bem parecido com o centro das outras cidades. Conta com arquitetura de época bem conservada, alguns monumentos, muitas pessoas e diversos bares.

Essa foi minha passagem pelos pontos turísticos da bela, aconchegante, limpa e organizada Curitiba.

No próximo post que vem falarei sobre a viagem de trem de Curitiba para Morretes. Um passeio de trem muito bonito.

Curta a fan page do Tripness e o fique por dentro de nossos posts.

Sobre Nilo Luz

Freelancer na área de marketing digital e apaixonado por viajar pelo Brasil e pelo mundo. Entusiasta em nomadismo digital, já morei na Austrália e conheci um canguru, já dei banho nos elefantes resgatados de maus tratos na Taiândia, comi massa e pizza na Itália e bebi vinho do porto em Portugal entre outras coisas durante minhas viagens, mas a mais importante é conhecer um pouco da cultura de cada local e outros viajantes, e aprender no processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *